Pages

Os Árbitros

Ernane Vasconcelos
Chico Guenen, Josuél Cruz e Wilson Campos.
Não poderíamos realizar os grandes jogos de futebol,  sem as belas atuações dos nossos árbitros, e nós Ibicaraienses tivemos importantes nomes na arbitragem, se fossemos nomear todos, passaríamos muito tempo, ao citar o nome de alguns, homenagearemos todos aqueles que também, escreveu uma pagina no futebol da Terra Santa. Ernane de Oliveira Vasconcelos, primeiro árbitro de Ibicaraí inscrito na Federação Baiana de Futebol, Francisco Ferreira, Elemito Iglesias, Nelson Ferreira, Nicécio Bráulio Dantas, Nesildo Mascarenhas de Cerqueira, Orlando Gomes, Joselito dos Santos, Nelson Ribeiro, Renildo Carvalho Assis, Manoel Raimundo Alves, Antônio Elisio, Raimundo de Souza Campos, José Néri de Santana, quem diria, também foi árbitro, Antônio Dermival Mota, Osvaldo Silva, Ari Guilherme dos Passos, Osmar Estrela de Alencar, Edvaldo Martins de Almeida, Salvador Rodrigues Borges, João Calazans dos Santos, Almir de Souza Luz, Sebastião José dos Santos, Graciliano Alves da Silva, Josué Nunes da Cruz, Lourival Sena, Jorge Rezende, José Avanildo dos Santos, Valdeci Alves Pires, Edenilson Gonçalves, um dos poucos árbitros da nossa história a atuar em partidas validas pelo Intermunicipal, inclusive como árbitro Central, José Claudio da Mata, Péricles Araújo Cruz, Rubens Marques Machado, José Marcelo Farias, José Roberto de Oliveira, árbitro da cidade vizinha de Floresta Azul, Cosme Bispo dos Santos, atuou em partidas do Intermunicipal fora de Ibicaraí, Rosenildo de Jesus, também atuou em intermunicipais, José René Ferreira, um dos melhores auxiliares que vi atuando, Gilson Ribeiro, atuava sempre como auxiliar, e foi um dos bons, Ionaldo Nunes Borges, excelente árbitro, um dos melhores que vi atuando, Gerser Oliveira Souza, da cidade de Itajú do Colônia, teve uma excelente passagem em nosso futebol, outro que vem se destacando e Ricardo Tavares da cidade de São José da Vitória, ganhou admiração de todos pelas suas excelentes atuações. Itamar Silva Messias, Márcio Mauricio. E tantos outros que passaram, e que contribuíram de forma positiva para o desenvolvimento do nosso futebol.

1 comentários:

  1. Anônimo12:05

    alguem sabe onde se encontrar ovaldeci alves pires? por favor quem souber me responda obrigada. ass cecilia santos pires

    ResponderExcluir

Agradecimentos:

Carlos Lima, Nivaldo Melo+, Miu Alfaiate, Waldir Montenegro, José Raimundo Dias, Adelmo de Tota, Ionaldo Nunes, Eduardo Miranda, Idma Monteiro, Valtaire Alves Moreira, Agnor Barbosa, Jerry Adriane, Antônio Raumundo, Sr. Dedé, João Messias, Ernane Vasconcelos, Naziozênio Raimundo, Idalicio Pascoal, Erasmo Carlos, Péricles Araújo, Carlos Barbosa, Waldemir Rodrigues, Josevan Alves Dias, Edvaldo Moreira da Silva, Ronilson Menezes, Luiz Moura, Antônio Narciso, João Leal, Vivaldo Assunção, Raimundo, Mimi, Mano e Nelito de Floresta Azul, Agnaldo Gama, Josuel Nunes da Cruz, Antônio Lins de Araújo, Profº Julival Pereira, Uracy Costa, Ubaldo Costa, Domingão do Andrezão, José Gilvan Santos, Raimundo da Vila, Profª Márcia, Zé Mago (Faz. Estrela da Paz), Raimundo Nascimento, Aldair Campos, Givaldo Taxista, Morcher do Paraguaçu, Antônio Macário Filho, João Machado, Edmundo Gonçalves, Noélia Costa, Joselito Leal, Jorge Fernandes, Claudionor José de Lima, Ordival Gama, Adonai PM, Adilson da Mata, Portugal Alfaiate, Jardel Oliveira, César Bernardino, Gilson Ribeiro, Waldir (Neném), Elias Dias, Raimundo Conceição, Guilherme da Bandeirantes, Rita Braitt, Tonico e Lali Brito, Dona Rosalina, José Pereira, Edna Cardoso (SESP), Eduardo Reis, Dona Hélia, Paulo Roberto Dias, César Ribeiro, Elpidio Bispo, Moisés Calazans, Regis da Feira, Leda Alves, Álvoro Caldas, Mário Abreu, Rodrigo Conceição+, José Sebastião dos Santos, Arnaldo Esteves, Zenildo Cerqueira (Quiquinho +), Antônio Macedo, Murilo Benevides, Reinalto Souza.

Depoimento:

Eu acompanhei a incansável luta de Sandoval Novais, para a realização desta obra, que tanto engrandece o passado e o presente da história futebolística da nossa querida Ibicaraí. Através desta imensurável força de vontade, é que a pesquisa aqui publicada torna - se um abrir de olhos, em relação à atenção, com que devemos tratar às gerações futuras que hão de se envolver com o esporte, aqui o leitor (a) encontrará a real narrativa, verdadeiramente encontrará a informação colhida literalmente na fonte, sempre narrada a partir de personagens que atuaram diretamente na história é isto que dá notoriedade e credibilidade a esta obra. Sou testemunha das privações a que Sandoval teve que se submeter por amor ao esporte, mas graças a sua perseverança é que o mundo hoje, tomar conhecimento dos bravos heróis do nosso esporte, esta narrativa certamente será imortalizada, e com certeza, em um futuro próximo teremos o reconhecimento e apoio aos atletas da nossa querida Ibicaraí – Bahia.

Mais um pouco da história

Se ligue na melhor