Pages

As mulheres cartolas

Na história do nosso futebol também tivemos a participação, ainda que tímida, mas, importante das mulheres, no desenvolvimento do esporte mais popular do país, no nosso município, não só na pratica dentro das quatro linhas, mas também, na participação em diretorias, tanto da Liga, bem como, nas equipes a ela filiadas.

D. Flora Calixto
A primeira delas foi a senhora Flora Calixto Santos de Oliveira, ela que nasceu no Distrito do Cajueiro, no dia 05 de janeiro de 1924, depois veio para a sede ainda criança, foi casada com José Maciel de Oliveira, mais conhecido como Zé do Sesp, engajada no futebol fundou duas equipes, o Flamengo e o Vasco, as mesmas atuavam principalmente em um campo existente no Alto do Cristo, no Bairro Bela Vista, isto em meados dos anos 60, alguns jogadores que estiveram sobre o seu comando foi, Jonas, Douglas etc...Dona Flora, assim era conhecida, faleceu aqui em Ibicaraí, no dia 13 de abril de 2007. 

Podemos citar alguns nomes, certo de que outros ficaram sem ser lembrado,
Aniselina Medrada de Carvalho (Nilza), longos anos de serviços prestados a Liga ibicaraiense de Futebol, Noeli Brasil participação direta nas participações do Flamengo Força Jovem, em todos os eventos. Raimunda Tavares da Silva uma vida ativa no futebol do Bairro Duque de Caxias, colocando times nos campeonatos e torneios, e sempre participou ativamente, do Caxias, nos campeonatos municipais, também tivemos Clicia Guerreira, foi diretora da LIF, e contribuiu com as equipes do Corina Batista. Silvana Santana também deu sua contribuição na conquista do Caxias em 2017, dentre tantas outras.
Airan Morais de Assis

Não poderíamos deixar de relatar que, três mulheres até hoje, ocuparam cargos de presidente, de um time de futebol em nossa cidade. A primeira foi
Airan Morais de Assis Alexandre, nascida no dia 10 de julho de 1950 aqui em Ibicaraí, sempre envolvida nos grandes eventos esportivos, principalmente o futebol, também deu sua contribuição, sendo eleita presidente do Santos Futebol Clube, no dia 21 de maio de 1975, substituindo Sebastião José dos Santos(Bebé), que na oportunidade assumiria, a Liga Ibicaraiense de Futebol, com a renuncia de Jose Nery de Santana.

Sandra Oliveira
A segunda foi, Sandra Oliveira da Silva, nascida no dia 18 de junho de 1979, na cidade de Itarantim – Bahia, eleita presidente do Ibicaraí Atlético Clube por duas vezes, a primeira em 11 de janeiro de 2009 e foi até o dia 11 de janeiro de 2012, e a segunda vez foi eleita em 02 de janeiro de 2017 e vigora até o dia 11de janeiro de 2020.


Roseane Agda dos Reis
A terceira foi, Roseane Agda dos Reis, nascida em 23 de fevereiro de 1985 na Fazenda Arco Iris região Riacho de Pedra, município de Itajú do Colônia – Bahia, Presidente da Associação Desportiva Cobras do Caxingó, eleita em duas oportunidades, na primeira vez em, 3 de dezembro de 2011, e esteve a frente da agremiação até o ano de 2013, e ocupa o cargo atualmente pela segunda vez, e foi eleita em 1 de dezembro de 2016.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecimentos:

Carlos Lima, Nivaldo Melo+, Miu Alfaiate, Waldir Montenegro, José Raimundo Dias, Adelmo de Tota, Ionaldo Nunes, Eduardo Miranda, Idma Monteiro, Valtaire Alves Moreira, Agnor Barbosa, Jerry Adriane, Antônio Raumundo, Sr. Dedé, João Messias, Ernane Vasconcelos, Naziozênio Raimundo, Idalicio Pascoal, Erasmo Carlos, Péricles Araújo, Carlos Barbosa, Waldemir Rodrigues, Josevan Alves Dias, Edvaldo Moreira da Silva, Ronilson Menezes, Luiz Moura, Antônio Narciso, João Leal, Vivaldo Assunção, Raimundo, Mimi, Mano e Nelito de Floresta Azul, Agnaldo Gama, Josuel Nunes da Cruz, Antônio Lins de Araújo, Profº Julival Pereira, Uracy Costa, Ubaldo Costa, Domingão do Andrezão, José Gilvan Santos, Raimundo da Vila, Profª Márcia, Zé Mago (Faz. Estrela da Paz), Raimundo Nascimento, Aldair Campos, Givaldo Taxista, Morcher do Paraguaçu, Antônio Macário Filho, João Machado, Edmundo Gonçalves, Noélia Costa, Joselito Leal, Jorge Fernandes, Claudionor José de Lima, Ordival Gama, Adonai PM, Adilson da Mata, Portugal Alfaiate, Jardel Oliveira, César Bernardino, Gilson Ribeiro, Waldir (Neném), Elias Dias, Raimundo Conceição, Guilherme da Bandeirantes, Rita Braitt, Tonico e Lali Brito, Dona Rosalina, José Pereira, Edna Cardoso (SESP), Eduardo Reis, Dona Hélia, Paulo Roberto Dias, César Ribeiro, Elpidio Bispo, Moisés Calazans, Regis da Feira, Leda Alves, Álvoro Caldas, Mário Abreu, Rodrigo Conceição+, José Sebastião dos Santos, Arnaldo Esteves, Zenildo Cerqueira (Quiquinho +), Antônio Macedo, Murilo Benevides, Reinalto Souza.

Depoimento:

Eu acompanhei a incansável luta de Sandoval Novais, para a realização desta obra, que tanto engrandece o passado e o presente da história futebolística da nossa querida Ibicaraí. Através desta imensurável força de vontade, é que a pesquisa aqui publicada torna - se um abrir de olhos, em relação à atenção, com que devemos tratar às gerações futuras que hão de se envolver com o esporte, aqui o leitor (a) encontrará a real narrativa, verdadeiramente encontrará a informação colhida literalmente na fonte, sempre narrada a partir de personagens que atuaram diretamente na história é isto que dá notoriedade e credibilidade a esta obra. Sou testemunha das privações a que Sandoval teve que se submeter por amor ao esporte, mas graças a sua perseverança é que o mundo hoje, tomar conhecimento dos bravos heróis do nosso esporte, esta narrativa certamente será imortalizada, e com certeza, em um futuro próximo teremos o reconhecimento e apoio aos atletas da nossa querida Ibicaraí – Bahia.

Mais um pouco da história

Se ligue na melhor