Pages

As equipes já extintas


Foto: Arquivo Portugal Alfaiate


Pérola campeão - 1954
Da esquerda em pé: Carrinho, Pequeno, Chico Guenen, Vivaldo Maciel, João Crua, Luiz Lopes, Nem e Egdemo. Agachados: Tampinha, Zé Piliu, Vardo, Betinho, Raimundo e Aníbal (O menino Reis filho de Vivaldo Maciel). Campeão em 1954 vencendo o Flamengo por 1 x 0, com gol de Raimundo.

Pérola Futebol Clube fundado por Euclides Rosalino dos Santos, em 2 de julho de 1953, com suas camisas vermelhas, semelhante a do América do Rio de Janeiro, orgulho do seu fundador, e se tornou no time mais popular da época em toda região, conquistou muitas vitórias, títulos e muito prestigio em mais de vinte anos de existência. Teve dentre outro os seguintes presidentes: Euclides Rosalino dos Santos, Filegônio Modesto Costa, José Neri de Santana e Adelcio Rodrigues Morais, encerrou suas atividades no ano de 1974. O Flamengo Esporte Clube, de Hercílio Nunes se tornou no grande rival do Pérola, protagonizaram grandes jogos. Ibicaraí Futebol Clube, time cujo registro foi da década 40. Ibicaraí Social Clube, primeiro campeão que se tem conhecimento em terras palestinense em 1949. Em 1948 foi fundado o São Cristóvão Esporte Clube, homenagem ao xara da capital, time profissional da época, fundado por Miu Alfaiate.

Foto: Arquivo Nivaldo Melo
Flamengo de Hercilio - 1958
Da esquerda para a direita em pé: Duca, Hercílio Nunes (Presidente) Humberto, Titia goleiro, Nelson Papo, Orlando Mãozinha, Nivaldo Melo, e Miu. Agachados: Gajé, Boca Rica, Dida, Salvador Borges, Domingos Fininho e Fininho Alfaiate. Em um jogo contra o Pérola no dia 17 de agosto de 1958, Resultado do jogo Flamengo 2 X 0 Pérola.

Existiram o Penharol Futebol Clube, foi campeão em 1956, Palmeiras de Floresta Azul, Santa Terezinha dos Coquinhos, São Salvador da fazenda do mesmo nome, que depois originou o Fluminense de Raimundo Esteves, Esporte Clube Juventus de Duca Dentista, fundado em 21 de setembro de 1963, seu primeiro Presidente foi Hamilton Ribeiro Dias, tinha como cores tradicionais nos seu uniformes, o amarelo e o preto.


Foto: Arquivo Miu Alfaiate
Juventus - campeão 1970
Da esquerda em pé: Adauto, Castelo, Adelson, Agnaldo, Nivaldete, Ismênio, Mário SAAE, Douglas, Humberto, Lio Pena, Bebé, Luiz, Zé Adilson, Reis, Joel, Cachacinha, Hamilton Ribeiro, Henrique Sampaio e Afonso Pimenta. Agachados: Dinho, Cosme, Machado, Rosival, Eraldo, Nanado, Cadeado, Categoria, Nengo, Zé Eduardo, Fernando, Josinete, Ronaldo e Miu.     
A equipe terminou a competição de forma invicta com 6 vitórias e 2 empates, marcou 23 (vinte e três) gols e sofreu 6 (seis) gols. O artilheiro da equipe e do campeonato foi Fernando, marcou 10 (dez) gols. No PRIMEIRO TURNO: o Juventus veceu o Guarany ( 4 X 1 ), o Flamengo ( 3 X 0 ), o AESI ( 3 X 0 ) e empatou com o Pérola ( 1 X 1 ). NO SEGUNDO TURNO Juventus venceu o Pérola ( 3 X 0 ), o Guarany ( 3 X 2 ) e  o AESI ( 3 x 0 ), empatando com o Flamengo ( 3 X 3 ).

Juventus Futebol Clube, dentre os títulos destacamos o de 1970, conquistou de forma invicta, titulo que teve destaque na imprensa paulista, foi manchete no jornal A Gazeta Esportiva, teve como presidentes dentre outros Hamilton Ribeiro Dias, Deraldo Oliveira Fontes e José Gomes Lima, conquistou também o titulo de 1977 e encerrou suas atividades no ano de 1979. São José do Km 17, Brasil Futebol Clube de Firmino Alves, fundado em 3 de março de 1965 por Flávio Figueira Brito, Otoniel Figueira Brito, Gerson Joemes de Lima, José Lucival da Silva Céo, Luperciniano da Costa Farias Filho, Derlindo Pinheiro, René Felix Passos e Rivaldo Souza, no mesmo ano filiou-se a Liga Ibicaraiense Litéro Esportiva e disputou o campeonato do mesmo ano, onde foi campeão. Tivemos o Fluminense de Sergipe do Distrito da Saloméa, o América Futebol Clube, do Distrito do Cajueiro, fundada em 1 de maio de 1967, filiou-se a Liga e participou do campeonato do mesmo ano. Brasil de Floresta Azul, 
Foto: Arquivo José Pereira
Bahia - Campeão - 1978
Da esquerda em pé: Bito, Zé Pereira, Pancho, Jaime, Lulinha, Uziel Ivo e Arnaldo Cai Boi. Agachados: Reni, Nêgo, Dorval, Dadau, Paulo, Coronel e Badega.

Galícia Futebol Clube de Floresta Azul, fundado em 15 de abril de 1982, por José Valdenor de Oliveira, Wilton Alves Nascimento, Manoel Tavares da Costa Junior, Reinaldo Dias Nascimento e outros desportistas, Flamengo Futebol Clube, Flamengo Esporte Clube que teve como primeiro Presidente Washington Ettinger, Cachoeira de Itapé, Expressinho Futebol Clube de Ailton Farney Alves Santos, fundado em 1982, Bahia Esporte Clube, fundado em março de 1978, teve como primeiro Presidente Eduardo Miranda de Carvalho chegou a ser bi-campeão municipal, 1978 e 1982, foi uma das grandes forças do nosso futebol, porem durou até os meados da década de 80. Santos Futebol Clube de Sebastião José dos Santos (Bebé), fundado em 3 de setembro de 1969, e campeão municipal em 1974, América Futebol Clube do Bairro Duque de Caxias, Corinthias Esporte Clube, cujo presidente era Agnaldo Morais de Santana, São Paulo Futebol Clube, foi fundado em 1982 por Antônio Edvaldo de Menezes, mais conhecido como professor Japonês,  Vasco da Gama, Botafogo Futebol Clube do Bela Vista, fundado em 1978 por Claudionor José de Lima (Nozinho), Otávio Isaltino da Cruz e Elpidio Bispo dos Santos. Arsenal Esporte Clube, equipe que foi campeão municipal em 1968.
Foto: Arquivo Domingão
Palmeiras Futebol Clube - 1973
Da esquerda em pé: Val, Walter Lima, Tucano, Padeirão, Domingão e Ivo. Agachados: Calango, Euflásio, Antônio Cadeado, Atílio e Chico Caboré.

Palmeiras Futebol Clube, de Antônio Edvaldo Menezes (Japonês) uma das equipes fundadoras da Liga Ibicaraiense de Futebol, Esporte Clube Vitória participou do campeonato de 1974, Internacional Futebol Clube de Floresta Azul ganhou o campeonato de 1987. Internacional Esporte Clube do Corina Batista, fundado em 11 de fevereiro de 1987, por Elias Dias de Oliveira e teve como presidente José Menezes Filho. AESI Atlético Clube, fundado em 6 de outubro de 1958, tinha sede própria e situava na Rua João Pessoa nº 89, teve como um dos seus presidentes José Carlos de Oliveira.
Fluminense Futebol Clube de Santa Cruz da Vitória, que foi fundado em 17 de julho de 1976, por João Elias Ferreira Souza, Arnaldo Farias, Jadir Caribe da Silva, filiou-se a Liga Ibicaraiense de Futebol no mesmo ano de fundação e disputou os campeonatos de 1976 a 1980.
Foto: Arquivo Uildon
Comerciários Esporte Clube - 1978 
Da esquerda em pé: Josué. Nelson, Derval, Jorge, Gilberto, Zé Merenda, Duda Cardoso, Pastinha, Aliomar  e Ramilton. Agachados: Reni, Paulo , Lee, Wildon, Pedro, Jailson, Zacarias e Túlio.

Tivemos na década de 70 o Independente, o Palestina Futebol Clube da família Cardoso, foi filiada a Liga Ibicaraiense de Futebol chegou a disputar uma final de campeonato em 1979, o Cosmos Futebol Clube de Ordival Gama de Oliveira, o Terra Santa, o Zero Nêgra Esporte Clube, cujo Presidente era Roger Martins Cunha, o 17 de abril de Barro Preto, Vasco da Gama de Itajú do Colônia, o Comerciários Esporte Clube fundado por Valdiley Soares Lee, Pedro dos Correios, Gilberto Carmo do Nascimento e Miguel Barreto, o Presidente era José Alberone de Souza, presidente em 1979, e participou do campeonato do mesmo ano, o Cruzeiro Esporte Clube, cujo Presidente foi Elpidio Ribeiro Amorim, participou do campeonato de 1979. 


Foto: Arquivo César Bernardino
 Terra Santa 1987
Da esquerda em pé: Daí, César, Baiaco, Dinho Saruê, Negão, Lulinha e Zé Pereira. Agachados: Pancho, Nêgo, Cinquentinha, Veio, Veio Dinha e Gel.

Cantareira Futebol Clube, fundado em 6 de maio de 1985, por Domingos Sálvio Luz, Valdir Luiz de Souza, Arnaldo Borges de Souza, Wilson Oliveira Souza, Dermeval Brandão Gomes, José Ricardo Rios Menezes, Reinaldo Moura dos Reis, Osnal Ferreira Silva, Wilson Carlos Dias e José Pedro Sales. Filiou-se a liga Ibicaraiense de Futebol no mesmo ano de sua fundação, no primeiro campeonato em 1986, chega a final contra a equipe do Guarany.


Foto: Arquivo Adailson Meira
Cantareira Esporte Clube 1986 
Da esquerda em pé: Daniel, Adailson, Cargill, Bico, Orley, Uziel, Val e Valdir. Agachados: Danielzinho,  Sabará, Pancho, Werneck e Formigão.

CURIOSIDADE: Sem os motivos até hoje não esclarecidos, o Cantareira Futebol Clube não compareceu por duas vezes consecutivas a campo para fazer as partidas decisivas validas pelo campeonato Municipal de futebol denominado Nicécio Bráulio, com data determinada por tabela que seria realizado o 1º jogo da melhor de três pontos, no dia 5 de maio de 1986, e a outra por medida cautelar movida pelo Cantareira, ficou determinado que o jogo seria realizado no dia 26 de julho de 1986. Com sua desistência da disputa do jogo final, o Guarany foi aclamado campeão. 



Foto: Arquivo Gilmar Dantas
Super Champion - 1985
Da esquerda em pé: Leitoinha, Koquita, Usiel, Regis, Nenem, Daí, Chicão, Jorge Moura e o Tec. Nicécio Braulio. Agachados: Zé Almeida, Gilmar, Arlindo, Arlindo, Barrão e Zé Gomes.


Foto: Arquivo de Marinho
Vasco de Nado - 1977
Da esquerda em pé: Nado, Dinha, Rena Escuro, Toinho, Jó. Agachados: Gilmar Couto, Marinho, Fabinho, Maguel e Marcos Dagmar.


Cruzeiro Futebol Clube - 1989
Da esquerda em pé: Vado, Zé Butié, Mangangá, Humberto, Messias, Wilson, Jailton, Gil, Vilson Gago e Rodrigo Conceição. Agachados: Macakuinha, Dinho, Dú, Genilson e o menino não identificado.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecimentos:

Carlos Lima, Nivaldo Melo+, Miu Alfaiate, Waldir Montenegro, José Raimundo Dias, Adelmo de Tota, Ionaldo Nunes, Eduardo Miranda, Idma Monteiro, Valtaire Alves Moreira, Agnor Barbosa, Jerry Adriane, Antônio Raumundo, Sr. Dedé, João Messias, Ernane Vasconcelos, Naziozênio Raimundo, Idalicio Pascoal, Erasmo Carlos, Péricles Araújo, Carlos Barbosa, Waldemir Rodrigues, Josevan Alves Dias, Edvaldo Moreira da Silva, Ronilson Menezes, Luiz Moura, Antônio Narciso, João Leal, Vivaldo Assunção, Raimundo, Mimi, Mano e Nelito de Floresta Azul, Agnaldo Gama, Josuel Nunes da Cruz, Antônio Lins de Araújo, Profº Julival Pereira, Uracy Costa, Ubaldo Costa, Domingão do Andrezão, José Gilvan Santos, Raimundo da Vila, Profª Márcia, Zé Mago (Faz. Estrela da Paz), Raimundo Nascimento, Aldair Campos, Givaldo Taxista, Morcher do Paraguaçu, Antônio Macário Filho, João Machado, Edmundo Gonçalves, Noélia Costa, Joselito Leal, Jorge Fernandes, Claudionor José de Lima, Ordival Gama, Adonai PM, Adilson da Mata, Portugal Alfaiate, Jardel Oliveira, César Bernardino, Gilson Ribeiro, Waldir (Neném), Elias Dias, Raimundo Conceição, Guilherme da Bandeirantes, Rita Braitt, Tonico e Lali Brito, Dona Rosalina, José Pereira, Edna Cardoso (SESP), Eduardo Reis, Dona Hélia, Paulo Roberto Dias, César Ribeiro, Elpidio Bispo, Moisés Calazans, Regis da Feira, Leda Alves, Álvoro Caldas, Mário Abreu, Rodrigo Conceição+, José Sebastião dos Santos, Arnaldo Esteves, Zenildo Cerqueira (Quiquinho +), Antônio Macedo, Murilo Benevides, Reinalto Souza.

Depoimento:

Eu acompanhei a incansável luta de Sandoval Novais, para a realização desta obra, que tanto engrandece o passado e o presente da história futebolística da nossa querida Ibicaraí. Através desta imensurável força de vontade, é que a pesquisa aqui publicada torna - se um abrir de olhos, em relação à atenção, com que devemos tratar às gerações futuras que hão de se envolver com o esporte, aqui o leitor (a) encontrará a real narrativa, verdadeiramente encontrará a informação colhida literalmente na fonte, sempre narrada a partir de personagens que atuaram diretamente na história é isto que dá notoriedade e credibilidade a esta obra. Sou testemunha das privações a que Sandoval teve que se submeter por amor ao esporte, mas graças a sua perseverança é que o mundo hoje, tomar conhecimento dos bravos heróis do nosso esporte, esta narrativa certamente será imortalizada, e com certeza, em um futuro próximo teremos o reconhecimento e apoio aos atletas da nossa querida Ibicaraí – Bahia.

Mais um pouco da história

Se ligue na melhor